A Colmeia Que a Natureza Criou

Colônia que propicia a cada habitante o trabalho que alimenta e dá vida: Assim é a colmeia! As abelhas operárias são a maioria sendo encarregadas de coletar o néctar das flores para fabricação do mel nesse lugar natural que acolhe até 80 mil moradores. Existe apenas uma abelha rainha na colmeia, que é responsável pela reprodução que garante a existência do grupo.

As colmeias da Associação CSS

É comum pessoas se aproximarem da CSS e desenvolverem um vínculo com esse trabalho e sua missão. Assim surgem as colmeias, como fruto de realizações em prol da vida humana.

Muitos homens e mulheres já são atuantes em comunidades e instituições. Isso facilita o seu envolvimento ao perceberem a necessidade de apoiar a recuperação da dependência química e alcoólica. Passam a prover alimentos, agasalhos, móveis e outros materiais necessários para a contribuir com a recuperação das pessoas em tratamento.

Como esclarece Frei Chico: “Estamos organizando os nossos colaboradores em colmeias nas quais a abelha rainha organiza as abelhas operárias para gerarem o mel para os Acolhidos, que são as abelhas intermediárias. Cada colmeia gera um tipo de mel, que pode ser um alimento ou um material. Temos hoje a colmeia do material de limpeza, do arroz, do feijão, etc. Muitas colmeias estão para se formar na medida que surjam pessoas dispostas a serem nossas benfeitoras. Os nossos Mosteiros, por sua vez, se tornaram a colmeia orante, colocando diariamente nas mãos de Deus os problemas do mundo e todas as nossas colmeias. Não fosse a bondade dessas pessoas, seria impossível a realidade das Casas do Servo Sofredor.”

Os voluntários da CSS também formam outra colmeia. São pessoas que atuam em atividades no processo de recuperação dos Acolhidos em tratamento. Um exemplo está no Grupo de Escuta Terapêutica. Essas pessoas reconhecem a importância da causa e das pessoas em recuperação. Reforçam e anunciam os objetivos da instituição e se sentem parte do projeto da CSS.

A bondade e a responsabilidade de todas as pessoas que fazem parte de alguma colmeia é algo que chama a atenção de todos. Falam sobre a sua atuação com alegria, assumindo com dedicação seus papéis frente à CSS, repleta de simbolismo e significado no projeto inspirado na natureza e no Seu Criador.

A dependência química tem tratamento, podemos ajudar quem quer se ajudar.

Casas do Servo Sofredor – CSS
SEDE ADMINISTRATIVA
Mosteiro Monte Carmelo
Rua La Salle, 850 – Pinheirinho – Curitiba – Paraná
CEP: 81.880-400
Telefones: (41) 3349-1681 | (41) 3049-0313
E-mail: regional.curitiba@css.org.br